Psicologia das cores

Hoje iremos falar um pouco sobre a psicologia das cores em ambientes internos.

Com a correria do dia a dia, nem imaginamos o poder que a combinação de cores de nossa casa tem sobre nós e nosso humor.

É impressionante como somos estimulados por elas e nem nos damos conta.

Para estarmos sempre sentindo paz interior e estarmos conectados com nosso lar, vamos ficar atentos aos tipos de sentimentos que as cores podem nos proporcionar nos cômodos de nossa casa e trabalho.

Seguem algumas dicas:  

O verde é ideal para ambientes de estudo e salas de espera, pois transmite frescor, foco e plenitude, relaxamento e harmonia.

É uma cor deliciosa!

O amarelo representa luz, energia, calor, ânimo e criatividade. Ou seja, para quem trabalha com criação, fica ótimo em home office, pode apostar!

O vermelho é sensual, poderoso e forte.  Ao mesmo tempo em que pode despertar poder e amor, também induz a sentimentos negativos, de ira e agressividade, portanto, devemos usá-lo de forma pontual e cuidadosa, para não pesar. Por exemplo, um dormitório, onde precisamos ter tranquilidade e relaxamento, JAMAIS deve ter o vermelho como cor predominante.

O rosa é ideal para espaços que necessitam de um toque de delicadeza e ternura. Rosa transmite afeto e carinho. Perfeito para ser usado e explorado em sua sala de visitas, ateliers ou até mesmo em sua cozinha. Fica super estiloso e diferente!

Escrito por: Marjorie Moreira (Designer de Interior)

Compartilhar é se importar!

AboutMadel

Construindo, Reformando ou Decorando? A Madel tem tudo para realizar seu sonho. Inclusive dicas incríveis. Acesse e confira: bit.ly/madelmadeiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *